“Sabemos que os estivadores franceses, desde Marselha a Le Havre permanecerão determinados. Ao movimento grevista francês, toda a nossa solidariedade e encorajamento: a luta compensa!” António Mariano, presidente do SETC

arton1025
“Os Estivadores de Lisboa resistiram ao assalto final aos direitos dos trabalhadores no último porto português que ainda e sempre resiste aos ataques coordenados desde Bruxelas. O cenário era apocalíptico. Ameaça de despedimento colectivos para todos nós, forças de intervenção da polícia a garantir a segurança dos fura-greves que entravam nos terminais pelo lado do rio. Unidos até ao final, resistimos ao terrorismo dos empregadores, impedimos a propagação de um modelo de escravidão que se exporta para a Europa. Lanço um apelo vigoroso a todos os trabalhadores franceses para continuarem a lutar, unidos, contra as forças do neoliberalismo que afectam também a França. Sabemos que os estivadores franceses, desde Marselha a Le Havre permanecerão determinados. Ao movimento grevista francês, toda a nossa solidariedade e encorajamento: a luta compensa!” Mensagem de apoio feita pelo António Mariano, expressando a solidariedade dos estivadores portugueses com a greve dos estivadores de Le Havre
Em França, os trabalhadores em geral e os estivadores do porto de Le Havre em particular, travam uma luta corajosa contra os ataques que estão a ser feitos aos mais elementares direitos do trabalho. Numa assembleia de solidariedade com a greve dos estivadores, tomaram a palavra os eurodeputados Miguel Urban Crespo e o director do Monde Diplomatique Serge Halimi. Por não poderem estar presentes, além do António Mariano enviaram mensagens de apoio Ken Loach, o vencedor da Palma de Ouro e amigo de longa data dos estivadores, Jeremy Corbyn, líder do Labour, Catarina Martins, eurodeputada do BE e de organizações como a La Rue Kétanou, Grands Formats e o Colectivo Circassien Cheptel Aleikoum. Os vídeos e as mensagens originais podem ser lidas aqui.
Advertisements

1 thought on ““Sabemos que os estivadores franceses, desde Marselha a Le Havre permanecerão determinados. Ao movimento grevista francês, toda a nossa solidariedade e encorajamento: a luta compensa!” António Mariano, presidente do SETC”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s