MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE para com os Trabalhadores da AUTOEUROPA

Os grandes grupos económicos, nos mais diversos sectores de actividade, planearam e desenvolvem, à escala mundial, um ataque generalizado aos mais elementares direitos dos trabalhadores, muitos deles conquistados ao longo de décadas de lutas.

O direito ao descanso consecutivo em sábados e domingos é um dos expoentes mais significativos desses direitos, pela importância que tem nos equilíbrios necessários ao bem-estar físico e psicológico dos trabalhadores, bem como na organização harmoniosa das suas vidas familiares e sociais.

O retrocesso civilizacional que o Grupo Volkswagen pretende impor a todos os que laboram nas suas instalações da AutoEuropa, em Palmela, tem a oposição generalizada da imensa maioria dos seus trabalhadores.

Este Grupo, que apostou em Portugal e na excelência da sua mão-de-obra, ao pretender aumentar a produção de forma significativa, apenas em diálogo construtivo com as estruturas representativas dos trabalhadores pode encontrar soluções aceites por estes.

Será possível encontrar formas equilibradas de dividir os previsíveis ganhos resultantes do aumento da produção sem que tal se traduza na deterioração da qualidade de vida de todos os trabalhadores que estão na base deste projecto empresarial de sucesso.

A Direcção deste Sindicato Nacional, em seu nome e em representação de centenas de estivadores, bem como de outros trabalhadores, que desenvolvem a sua actividade numa dezena de portos nacionais, declara toda a sua solidariedade para com os Trabalhadores das AutoEuropa em luta, muito em especial neste dia de greve, aprovado em Plenários de base, contra mais uma notória e inaceitável prepotência do Capital.

Lisboa, 30 de Agosto de 2017

A DIRECÇÃO

Também em PDF.

Advertisements